Três anos como Secretário-Geral da AULP (2002/2005) O resto da minha vida como militante da construção do ELCO – Espaço Lusófono do Conhecimento

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

José Alarcão Troni

Keywords

Resumo

Em meados de 2002, concluída a minha missão na Universidade Católica Portuguesa, como seu último secretário-geral, acabava de regressar, com a consciência tranquila, ao Banco de Portugal, meu honroso empregador desde 1976, à UAL – Universidade Autónoma de Lisboa – Luís de Camões, de que era e sou professor associado – e, simultaneamente, à sua entidade instituidora, a CEU – Cooperativa de Ensino Universitário, CRL, de que sou cooperador-fundador (1985) e hoje cooperador-decano e presidente da assembleia-geral – bem como à Advocacia e Consultadoria na SRS – Sociedade Rebelo de Sousa e Associados, pela mão amiga do Pedro Rebelo de Sousa, onde mantenho domicílio profissional e, por fim, a outras missões – pro-bono e pro-gasto –, designadamente em instituições religiosas, culturais e sociais.

Abstract 21 | PDF Downloads 3