Apresentação

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Manuel Célio Conceição https://orcid.org/0000-0001-8179-5025
Alexandre Mavungo Chicuna https://orcid.org/0000-0001-6858-8435

Keywords

Resumo

A língua portuguesa é elemento identitário, é locus constitutivo de muitos saberes e é instrumento de comunicação e construção individual e social de uma multitude de indivíduos, de grupos e de espaços territoriais, sentimentais e virtuais. Por via da sua viagem histórica, por diferentes geografias, e afetiva, por diferentes essências culturais, políticas, económicas
e antropológicas, é pluricêntrica e ostenta uma riqueza de variantes e de variações que lhe dão pujança e lhe permitem assegurar o valor memorialístico e patrimonial de todos os que nela/por ela/com ela se expressam ou se querem vir a expressar, e, por isso, a aprendem. Estas especificidades permitem-lhe também ajudar a categorizar a inovação, por exemplo, pelos diferentes recursos de criação neológica e neonímica.

Abstract 25 | PDF Downloads 26

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)