A formação artística em Cabo Verde desenvolvida pela Mindelo - Escola Internacional de Arte pesquisa aplicada como estratégia de política radical e resistência estética

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Denise Perdigão Pereira
Maria Teresa Guimarães de Medina
Aracy Alves Martins

Keywords

Cabo Verde; M_EIA; educação artística; pesquisa aplicada

Resumo

Introdução: O artigo discute a formação artística em Cabo Verde desenvolvida pela Mindelo_Escola Internacional de Arte, M_EIA, criada em 2005, tendo a pesquisa aplicada realizada pela escola como núcleo de discussão. A principal estratégia metodológica consistiu na análise do discurso dos atores inseridos no contexto da instituição e em seu entorno. Além disso, o uso de fontes diversas, tais como o projeto pedagógico da escola, programas de ensino, notas de campo etc., implicou em uma análise em profundidade do contexto em questão, característica dos estudos de caso. Como referencial teórico central foram utilizados Atkinson (2008) e Mouffe (2014). O estudo concluiu que a M_EIA desempenha papel de relevo em seu país, na medida em que a instituição está implicada com o seu desenvolvimento não apenas no âmbito da arte e da cultura, mas também nos campos do social e do econômico. Por outro lado, foram constatadas algumas fragilidades no plano operativo, tais como a tendência de concentração do poder na tomada de decisões quanto à escola e os rumos de seus projetos, nas mãos de seus principais dirigentes, aspecto que revela a necessidade de aprimoramento das práticas democráticas na escola.

Abstract 181 | PDF Downloads 45

Referências

André, M. E. D. A. (2008). Estudo de caso em pesquisa e avaliação educacional. Brasília: Liber Livros.
Atkinson, D. (2008). Pedagogy against the State. JADE. 27(3): 226- 240.
Barros, A. J. S. & Lehfeld, N. A. S (2000). Fundamentos de metodologia: um guia para a Iniciação Científica. (2a ed.) São Paulo: Makron Books.
Flores, N. & Ribeiro, M. (2016). No te ne Kemin. Buala. Recuperado a partir de: http://www.buala.org/pt/cidade/no-te-ne-kemin
Freire, P. (1969). Extensão ou comunicação? Rio de Janeiro: Paz e terra.
Guedes, M. C. (Coord.). (2011). Arquitetura Sustentável em Cabo Verde: manual de boas práticas. (Vol. 2). Lisboa: Instituto Superior Técnico.
Iconoclasistas: dispositivos de investigación colaborativa, mapeo colectivo itinerante, cartografias críticas y recursos gráficos de código abierto. (2013). [S.l.]: Iconoclasistas Recuperado a partir de: https://www.iconoclasistas.net/
Inácio, M. M. F. (2011). Vidas secas e os flagelados do vento leste: veredas da seca e da fome. (Dissertação de mestrado). Universidade Nova de Lisboa, Lisboa.
Instituto Universitário de Arte, Tecnologia e Cultura. Dossier da M_EIA (s. d.). Mindelo: Atelier Mar e Mindelo_ Escola Internacional de Arte.
Lopes, L. (2012). Criatividade, interiorização pessoal e firmes ideias. Nós Genti: negócios, pessoas e empreendedorismo. Cabo Verde: Nós Genti. Recuperado a partir de: http://www.nosgenti.com/?p=926
Lopes, L. (2008). Sítio Museológico de Lajedos: um projeto de desenvolvimento cultural. Revista de Estudos Cabo-verdianos. Número Especial: Patrimônio e Museologia. Praia: Edições Uni-CV jun. de 2013. Recuperado a partir de: http://www.revistapatmus.org/ojs/index.php/RPM/article/view/30
Lopes, M. (1959). Os flagelados do vento leste. (3a.ed.) Lisboa: Vega.
Monteiro, G. G. (2008). “Empowerment: uma estratégia de luta contra a pobreza e a exclusão em Cabo Verde – o caso de Lajedos”. (Dissertação de mestrado). Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa. Lisboa.
Mouffe, C. (2014). Estratégias de política radical e resistência estética. Esquerda. R. Matoso (Trad.). Recuperado a partir de: http://www.esquerda.net/artigo/estrategias-de-politica-radical-e-resistencia-estetica/33990
Mouffe, C. (2007). Prácticas artísticas y democracia agonística. Barcelona: MACBA, 2007.
Santos, L. C. (s. d.). Pesquisa participante ou pesquisa participativa: mais um tipo de abordagem qualitativa em pesquisa. Bahia: LCSantos. Recuperado a partir de: http://www.lcsantos.pro.br/arquivos/49_PESQUISA_PARTICIPANTE_PESQUISA_PARTICIPATIVA01042010-185828.pdf
Tolentino, A. C. (2006). Universidade e transformação social nos pequenos estados em desenvolvimento: o caso de Cabo Verde. (Tese de doutorado). Universidade de Lisboa. Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, Lisboa.
Vilaça, M. L. C. (2010). Pesquisa e ensino: considerações e reflexões. e-scrita: Revista do Curso de Letras da UNIABEU Nilópolis, 1(2). Recuperado a partir de: http://www.uniabeu.edu.br/publica/index.php/RE/article/viewFile/26/pdf_23.