Sobre a Revista

Editada desde 1989, a RILP é uma publicação interdisciplinar da Associação das Universidades de Língua Portuguesa (AULP), com circulação online e distribuída impressa a nível nacional e internacional, para fomentar o intercâmbio de conhecimento de todos os que na América, Europa e África falam português no seu quotidiano e se preocupam com a sua utilização e ensino.


##about.readMore##

##current.issue##

n. 32 (2017): África em Língua Portuguesa. Variação no Português Africano e Expressões Literárias

Publicado: 2018-12-13

Vivemos num mundo globalizado, cheio de inovações em todas as esferas da sociedade desafiando, assim, a interdisciplinaridade no espaço acadêmico-científico. Neste volume coloca-se em debate a variação linguística do português (4 capítulos) e a literatura palopiana (6 capítulos) que se entrosam ecriando um diálogo harmonioso. Assim sendo, observa-se que a língua portuguesa falada em África se distancia, paulatinamente da variedade europeia e apresenta características linguísticas próprias em nível fonético-fonológico, sintático, semântico, lexical e pragmático. A literatura ‘palopiana’ adquire cada vez mais identidade própria, fazendo surgir uma literatura genuinamente africana com características próprias. Essa tendência é comprovada através de vários estudos que serão aqui representados. O espaço dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) é multilíngue e multicultural. Essa multiculturalidade influencia de certa forma na maneira como os africanos falam ou (re)contam as suas realidades. Nenhum africano nascido e crescido naquele contexto consegue se expressar tal como se fala em Portugal, o que significa que os PALOP adotaram o português e fazem o uso segundo as realidades locais. O sistema educacional tem enfrentado insucesso devido à cópia de modelos de ensino estrangeiros e sem repensar a realidade local. Constata-se que a situação educacional nos PALOP é complexa e, por isso, algumas vozes (como as que leremos nesta obra) têm apostado na educação bilíngue como medida possível para eliminar o abandono escolar, aumentar a autoestima dos alunos e das comunidades onde as diversas línguas autóctones são faladas. Nesse sentido, esta obra reúne trabalhos de pesquisadores que discutem fundamentalmente questões internas e externas às línguas africanas; a situação do português em África e sua variação; e, ainda, debates sobre a literatura e seus significados no espaço dos PALOP sob perspectiva analítica de africanos e brasileiros.

Artigos

APRESENTAÇÃO. África em Língua Portuguesa: Variação no Português Africano e Expressões Literárias

Alexandre António Timbane, Sabrina Rodrigues Garcia Balsalobre
Abstract 45 | PDF Downloads 125

Page 11-16

Norma e Variação Linguística: Implicações no Ensino da Língua Portuguesa em Angola

Ezequiel Pedro José Bernardo
Abstract 87 | PDF Downloads 139

Page 39-54

A Criatividade da Língua Portuguesa: Estudo de Moçambicanismos no Português de Moçambique

Rajabo Alfredo Mugabo Abdula
Abstract 79 | PDF Downloads 97

Page 81-97

O Processo de Ensino-aprendizagem do Português no Contexto Multicultural Moçambicano

Marcelino Horácio Velasco, Alexandre António Timbane
Abstract 140 | PDF Downloads 118

Page 99-120

Memória Coletiva e Construção de Identidade Linguística nas Narrativas de Alfredo Troni e Uanhenga Xitu

Manuel da Silva Domingos, Nsimba José
Abstract 61 | PDF Downloads 76

Page 123-146

O Luso, o Trópico e o Cão Tinhoso nas Revelações Literárias de Honwana

Sueli da Silva Saraiva
Abstract 34 | PDF Downloads 43

Page 147-162

A Mulher nos Contos de Mia Couto: uma Leitura Pós-colonial

Márcia Moreira Pereira
Abstract 48 | PDF Downloads 50

Page 181-190

O Silêncio Anticolonial de Conrad e Eça, ou a Impossível Arte de Narrar o Horror

José Carlos Siqueira
Abstract 52 | PDF Downloads 47

Page 191-206

O Uso das LWC’s na Música Moçambicana

Cremildo G. Bahule
Abstract 43 | PDF Downloads 35

Page 207-225

Ver Todos os Números